Bruges – Bélgica

Bruges é aquela cidade que não podia ficar fora do roteiro, muito famosa no Brasil, minha amiga Cristina Barros recomendou várias vezes para eu não deixar de visitar de jeito nenhum. O interessante é que na Bélgica as pessoas não dão esse ibope todo, eles sempre recomendam Antuérpia e Gante. Porém como a dica era de uma pessoa muito especial eu mantive em meu roteiro. Antuérpia vai ficar para a próxima!

Logo que cheguei em Bruges já fui direto pro centrinho, o que foi rápido, pois a cidade é bem pequenininha
Logo que cheguei em Bruges já fui direto pra praça central que chama Grote Markt o que foi rápido, pois a cidade é bem pequena.
Olha eu aí com a torre da igreja no fundo
Olha eu aí com a Belfry Tower, a construção mais famosa (e mais alta) da cidade. Foi construída para abrigar os sinos e foi reconstruída 3 vezes depois de sucessivos incêndios.
Durante meu momento de conhecer a cidade, visitei a prefeitura, é essa construção linda aí, tive que cortar o pedaço do chão que tinha muita gente sentada no pátio que tem em frente, no sol, depois descobri que eles são caçadores de pokemons.
Durante meu momento de conhecer a cidade, visitei a prefeitura, é essa construção linda aí, e esse pessoal aí parado no pátio em frente, no sol,  descobri que eles são caçadores de pokemons.
Olha que riqueza essa fachada.
Olha que riqueza essa fachada. No detalhe a Maria com o menino Jesus.
Agora o que realmente faz a cidade ser famosa são os canais, sendo conhecida como Veneza do Norte (a lente engordurada da câmera fez ficar ainda mais legal a foto)
Agora o que realmente faz a cidade ser famosa são os canais, sendo conhecida como Veneza do Norte (a lente engordurada da câmera fez ficar ainda mais legal a foto).
Essa casinha de madeira é umas das poucas que sobraram depois dos incêndios sucessivos que ocorreram na cidade na idade média. Depois destes grandes incêndios, todas as construções passaram a ser levantadas com tijolos, o que deu uma caracterizada na arquitetura da cidade
Essa casinha de madeira é umas das poucas que sobraram depois dos incêndios sucessivos que ocorreram na cidade na idade média. Depois destes grandes incêndios, todas as construções passaram a ser levantadas com tijolos, o que deu uma caracterizada na arquitetura da cidade
Várias construções tem as janelinhas pintadas de vermelho, essa ficou um charme!
Várias construções tem as janelinhas pintadas de vermelho, essa ficou um charme!
E a noite passei de novo pela praça da prefeitura e olha os caçadores lá esperando o Pokémon,,,atrapalhando as fotos de nós pobres turistas
E a noite passei de novo pela praça da prefeitura e olha os caçadores lá esperando o Pokémon,,,atrapalhando as fotos de nós pobres turistas
Eu não jogo pebolim, mas fui assistir a uma partida, a galera tava tão cheia de adrenalina jogando que achei que ia ser legal assistir...jogar não rola, tem que ter muito reflexo, e depois de uma cerveja Belga, fortíssima, não dou conta de nada...
No hostel fui assistir a uma partida de pebolim, não jogo nada, mas, a galera tava tão cheia de adrenalina jogando que achei que ia ser legal assistir…
No dia seguinte programei ir ao walking tour para conhecer melhor a história da cidade, mas antes dei uma caminhada no canal externo que tem umas pontes lindas para o lado mais novo da cidade
No dia seguinte programei ir ao walking tour para conhecer melhor a história da cidade, mas antes dei uma caminhada no canal externo que tem umas pontes lindas para o lado mais novo da cidade
20160723_170913
Eu ainda não conheço a Veneza original, mas a Veneza do norte é linda
Esse portão é de uma construção que ficava fora da Bruges antiga, onde antigamente ficavam as mulheres que se intitulavam mulheres de Jesus. Na época isso soou tão absurdo que construíram essa minicidade e colocaram elas lá isoladas
Esse portão é de uma construção que ficava fora da Bruges antiga, onde na época ficavam as mulheres que se intitulavam mulheres de Jesus. Na época isso soou tão absurdo que construíram essa minicidade e colocaram elas lá isoladas
Até hoje moram só mulheres lá dentro, as 18hs os portões se fecham para os visitantes.
Até hoje moram só mulheres lá dentro, as 18hs os portões se fecham para os visitantes. Esse aí é o pátio interno.
E essa sou eu com o lago do amor no fundo... o lago tem esse nome devido uma lenda de um amor separado pelas circunstâncias da vida há muito tempo atrás, e quando o amado reencontrou a amada ela estava agonizando na beira do rio, e morreu nos seus braços.
E esse é o lago do amor no fundo…esse nome é devido uma lenda de um amor separado pelas circunstâncias da vida há muito tempo atrás, e quando o amado reencontrou a amada ela estava agonizando na beira do rio, e morreu nos seus braços. snif snif.
Bem turistona, mapa na mão e tals...
Bem turistona, mapa na mão e tals…

 

20160723_173308
E os cisnes são patrimônio da cidade, tem várias lendas sobre eles estarem ali, mas a história que eu mais gostei é que a poucos anos atrás o prefeito decretou que os cisnes pretos deviam ser eliminados dos canais pois não combinavam com a cidade, a população ficou tão indignada e fez um abaixo assinado para evitar esse “racismo”.
Essa é a principal fábrica de cerveja que fica dentro da cidade antiga de Bruges, aí tem uma história de antigamente que pediram ao governante que construísse um sanatório para tratar os loucos vítimas do alcoolismo na cidade, aí ele falou: então fecha o portão da cidade que aqui dentro todo mundo é doente. O mais interessante é que parece que eles tem um certo orgulho ao contar essa história.
Essa é a mais famosa fábrica de cerveja local. Aproveitando o tema cerveja, tem uma história que o guia contou que antigamente pediram ao governante que construísse um sanatório para tratar os dementes vítimas do alcoolismo na cidade (a galera sempre bebeu muito por lá), aí ele falou: então fecha o portão da cidade que aqui dentro todo mundo é doente. O mais interessante é que parece que eles tem um certo orgulho ao contar essa história.
20160723_175824
Essa paisagem é o cartão postal da cidade. Tem um filme que se passa em Bruges que imortalizou essa fotografia. O sol não ajudou muito, mas…
Aí eu fui lá na ponte do outro lado e fiz uma foto de um ângulo original
Aí eu fui lá na ponte do outro lado e fiz uma foto de um ângulo original
Lá cada cerveja tem o seu copo, eles são bem criteriosos com isso, aí nesse bar tem várias cervejas com os seus respectivos copos.
Lá na Bélgica cada cerveja tem o seu copo, eles são bem criteriosos com isso, aí nesse bar tem várias cervejas com os seus respectivos copos.
No final do dia, albergue bombando, enturmei e acabei indo para com um pessoal em uma festa local
Sábado no final do dia, albergue bombando, enturmei e acabei indo com o pessoal em uma festa.
A turma do pebolim tava firme e forte.
E a turma do pebolim tava firme e forte.
A festa não curti muito, pois além de vazia tava tocando só hip hop (a maioria local), mas eu não pude deixar de observar como as Belgas são descontraídas, todo mundo de tênis (na verdade ninguém da turma que eu tava tomou banho, fomos direto do passeio da tarde para a festinha, super normal por lá.
A festa não curti muito, pois além de vazia tava tocando só hip hop (a maioria local), mas eu não pude deixar de observar como as belgas são descontraídas, todo mundo de tênis (inclusive ninguém da turma que eu tava tomou banho, fomos direto do passeio da tarde para a festinha, super normal por lá).
Vida de turista não combina com balada noturna...cedinho acordei para pegar o trem. Azar que a estação era 30min caminhando e eu carregando mala de ressaca. A sorte é que no caminho tinha esse parque lindo para distrair. E bora para a Holanda!!!!!!
Vida de turista não combina com balada noturna…cedinho acordei para pegar o trem. Azar que a estação era 30min caminhando e eu carregando mala de ressaca. A sorte é que no caminho tinha esse parque lindo para distrair. E bora para a Holanda!!!!!!

 

2 ideias sobre “Bruges – Bélgica”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *